Como comprar ações boas e baratas na bolsa de valores em 2019

Aprenda como os grandes investidores fazem para ganhar muito dinheiro na bolsa de valores.

Comprar ações boas e baratas é a estratégia de investimento utilizada por um dos maiores investidores de todos os tempos, Warren Buffett. 

Mesmo que sua técnica para comprar ações boas e baratas já seja conhecida há muito tempo, poucos são os que conseguiram ter sucesso com ela. 

O grande problema, é quando as pessoas tentam passar a teoria de Buffett, para a prática. 

Por este motivo gostaria de compartilhar hoje, como eu faço para comprar ações boas e baratas na bolsa de valores e assim ter uma alta rentabilidade com segurança desde 2012. 

É um método simples e que me gera uma ótima rentabilidade, com risco quase zero. 

Se você quer começar a ter resultados o quanto antes, sem ter que passar anos estudando teorias complicadas, esse método é para você.
Exemplo de imagem
Descubra agora o passo a passo de como você pode investir em ações boas e baratas já em 2019.

1. As 5 características que toda empresa boa para investir deve possuir

Para que uma ação seja realmente barata na bolsa, antes de tudo, é preciso que ela pertença a uma empresa que tenha bons fundamentos. 

Simplesmente se basear pelo preço pode ser um grande “tiro no pé”. Uma ação custando R$1,50 não necessariamente ela é uma ação barata, simplesmente por causa do custo. 

O mesmo é válido para ações que tiveram uma grande queda no seu preço. Enquanto muitos podem pensar que a ação já caiu tanto que o preço não irá mais cair, isso não representa a realidade em muitos casos. 

Uma grande queda de preço, não quer dizer que a ação está barata. Pois o preço pode continuar caindo muito mais sem parar, até chegar a R$ 0,01 (exemplo: as empresas do Eike Batista). 

Em ambas as situações, o risco de você ter um prejuízo é muito grande, pois você só analisou os preços, sem prestar a devida atenção aos fundamentos da empresa. 

Uma empresa com fundamentos ruins, nunca deve ser considerada como barata na bolsa, pois a tendência é de que os preços caiam cada vez mais ao invés de subir. 

Então, antes de tudo, você deve analisar os fundamentos da empresa.
Assim, você aumenta muito as suas chances de lucrar e fica longe de empresas ruins, diminuindo o seu risco. 

A seguir descrevo quais são os 5 fundamentos mais importantes para você analisar em uma empresa: 

Se você investir em empresas que possuam todos os 5 fundamentos, você vai ter sucesso na bolsa de valores. 

1. Lucro líquido positivo:
A empresa precisa dar lucro. Empresas que não dão lucro, possuem forte tendência de desvalorização ao longo do tempo. 

Invista apenas em empresas que apresentem um histórico de lucros consistentes. 

2. Grande geração de fluxo de caixa:
O fluxo de caixa mostra o quanto de dinheiro entrou no caixa da empresa no período analisado. 

O lucro líquido considera o valor total das vendas no período, mesmo que elas tenham sido parceladas. No fluxo de caixa, você sabe a quantia exata de dinheiro que realmente entrou e saiu da empresa no período. 

3. Boa administração das dívidas:
É normal que as empresas tenham dívidas para se manterem operacionais e com crescimento acelerado. 

Entretanto, essa dívida deve estar bem controlada para que a empresa não quebre. 

Para isso, é preciso analisar o tamanho da dívida em relação ao lucro líquido da empresa e também em relação ao seu patrimônio líquido. 

Desta forma, você terá uma boa noção do tamanho relativo da dívida e se a empresa está conseguindo administrá-la com sucesso. 

4. Longo Histórico de Sucesso:
Para garantir uma maior segurança, o ideal é investir em empresas com pelo menos 10 anos de histórico na bolsa de valores. 

Quanto mais tempo melhor, pois isso mostra que a empresa já tem experiência o suficiente para se manter rentável mesmo após as diversas crises pelas quais a economia já passou (e que possivelmente ainda vai passar). 

5. Diferencial competitivo:
Para continuar sempre no topo, a empresa deve ter algum diferencial competitivo forte a ponto de ser muito difícil que outro concorrente a supere. 

Um exemplo disso é o diferencial competitivo que a Coca-Cola possui pela marca forte que tem no mercado. Isto garante mais solidez para a empresa no longo prazo, principalmente nos momentos de crise.

Após analisar as características fundamentalistas da empresa, selecione as melhores, deixe as ruins de fora e faça o acompanhamento da evolução de seus preços. 

Para identificar qual é o momento ideal para você comprar ações dessas boas empresas, leia o próximo passo. 

2. A melhor maneira para saber se uma ação está barata.
Uma das principais características dos investimentos na bolsa de valores é a alta oscilação de preços. 

O principal responsável por isso, é a famosa lei da oferta e da procura. 

Ela funciona de forma bem simples: 
• Quando a procura aumenta os preços sobem. 
• Quando a procura diminui, os preços caem. 

São muitos os fatores que causam mudanças na procura de uma ação, mas o principal motivo pelo qual ocorrem os exageros na oscilação de preços é a emoção exagerada dos investidores. 

Como o futuro é incerto e ninguém sabe o que pode acontecer, qualquer evento mais relevante em qualquer lugar do mundo, pode mudar as opiniões dos investidores de uma hora para outra de maneira desproporcional. 

Isso acaba provocando um sentimento de euforia (se o evento for positivo) e de pânico (se o evento for negativo): 

• A euforia faz com que as pessoas paguem preços cada vez mais altos por uma ação, pois elas têm a percepção de que agora o preço da ação vai às alturas e elas ficarão muito ricas. 

• E o pânico faz com que as mesmas pessoas vendam suas ações a qualquer preço, mesmo que com muito prejuízo, para se verem livres de algo ruim e evitar perder ainda mais dinheiro. 

Portanto, é muito comum que durante as principais crises econômicas, políticas e financeiras, você veja empresas muito boas com o preço de suas ações sendo vendidas muito abaixo do que seria o preço justo para aquelas ações. 

Por causa deste comportamento que, são nas crises que as melhores oportunidades de comprar ações boas e baratas surgem. 

Através da análise fundamentalista com uma análise gráfica eficiente você conseguirá:

• Ter mais clareza para identificar quando uma ação boa está barata.
• Gastar poucos minutos em suas análises.
• Aumentar ao máximo suas chances de lucro e minimizar suas chances de prejuízo. 
 
Quando você analisa os fundamentos junto com os gráficos, a complexidade desaparece e sua análise se torna muito mais rápida, eficiente e lucrativa. 
 
Após você comprar ações boas e baratas, existe um último passo que você deve seguir para aumentar mais ainda seu lucro e diminuir seu risco para quase zero.

3. Uma dica simples para você ter alta rentabilidade com mais segurança na bolsa hoje e sempre 
 
Warren Buffett profetizou uma clássica frase sobre investimentos em ações: “A bolsa de valores é um dispositivo que transfere o dinheiro do impaciente para o paciente”. 
 
Comprar ações de boas empresas por preços baixos, somente isto, não é garantia que você terá lucro. 
 
Você também deve ter a paciência para esperar que os preços voltem a subir e que suas ações voltem a se valorizar. 
 
E esta evolução não acontecerá da noite para o dia. 
 
Estas reversões normalmente se formam durante as piores crises econômicas e isto sempre vem acompanhado de: as piores notícias, as piores previsões de mercado, as piores rentabilidades da bolsa de valores. 
 
Isto tudo, acaba criando o pior clima possível: quem tem ações quer vender a qualquer custo e quem está fora do mercado não quer entrar no “pior momento da história da bolsa de valores”. 
 
Esse é o ambiente que você vai encontrar quando as ações boas estiverem baratas. 
 
E mesmo que você consiga comprar ações, o desafio continuará, pois a partir deste momento, é o seu dinheiro que estará lá, subindo e descendo junto com as incertezas e previsões pessimistas do mercado. 
 
Este é o momento mais difícil emocionalmente. Desta forma, para que você não desista cedo demais, você deve tomar medidas que deixem seu investimento mais seguro. 
 
E uma das maneiras mais simples e eficientes de diminuir o seu risco, chama-se: diversificação. 
 
Existem algumas formas de diversificar para proteger seu capital. Duas delas são: 
 
• Diversificar as empresas em sua carteira: investir em pelo menos 6 empresas diferentes. 
 
• Diversificar os seus investimentos como um todo: investir no máximo 50% do seu dinheiro na renda variável, deixando o restante aplicado na renda fixa, onde seu capital estará mais seguro e com um retorno mais previsível. 
 
Assim você ficará mais calmo sabendo que se tudo der errado, o que é muito difícil de acontecer se você comprar ações de boas empresas, você não perderá todo o seu dinheiro. 
 
Isto dará a você muito mais controle emocional e vai evitar que você venda suas ações cedo demais por medo de perder dinheiro.

Comprar ações de empresas boas e baratas é a estratégia mais segura e rentável para você enriquecer na bolsa de valores e nesse texto você aprendeu como isto é possível através de uma boa análise fundamentalista e gráfica. 
 
Agora, se você está realmente interessado(a) em colocar tudo isto que você aprendeu em prática, vou lhe recomendar um curso muito prático e direto que lhe ensinará tudo sobre qual corretora escolher, como fazer os aportes, como controlar a sua rentabilidade e o principal: como iniciar investindo com pouco dinheiro para você aprender até se sentir mais seguro. Você não precisa ser um expert em economia para faturar muito na bolsa de valores.

CLIQUE AQUI e conheça o curso! 
 
Caso você tenha ficado alguma dúvida é só me perguntar aqui nos comentários ou pelo direct no Instagram. 
 
Muito sucesso e vamos com tudo! Enriquecer é possível e só não fica quem não quer! 

Vamos com tudo e muito sucesso na bolsa!!!
Artigos novos todas as semanas!
Siga o Projeto Milhão no Instagram e fique sempre por dentro das novidades.
Ipad

32 Capítulos.
283 Páginas.
445 Dicas.

DESCUBRA OS SEGREDOS DOS MILIONÁRIOS QUE COMEÇARAM DO ZERO